This content is not available in your region

Eleições Reino Unido: Trabalhistas querem garantias para cidadãos da UE no pós-Brexit

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Eleições Reino Unido: Trabalhistas querem garantias para cidadãos da UE no pós-Brexit

<p>Já estão na estrada as máquinas de campanha para as eleições antecipadas no Reino Unido. Os trabalhistas querem contrariar as sondagens que dão vantagem ao Partido Conservador, da primeira-ministra Theresa May e apostam num “Brexit menos radical” e mais aberto à Europa para convencer os eleitores.</p> <p>Keir Starmer, porta-voz do Partido Trabalhista, garante que “aceitamos que as regras da imigração vão ter de mudar quando sairmos da União Europeia, mas não aceitamos que a questão da imigração seja a única prioridade, o único limite. Nem acreditamos que sair da União Europeia signifique que temos de cortar todos os laços com a Europa. Temos uma visão muito diferente”.</p> <p>O porta-voz dos Trabalhista disse ainda que, se o partido chegar ao governo, vai garantir que todos os cidadãos da União que vivem no Reino Unido vão manter todos os direitos.</p> <p>Theresa May esteve em campanha no País de Gales e apesar do favoritismo para as legislativas antecipadas, garante que vai lutar até ao fim por todos os votos. “Queremos conquistar votos e apoio aqui em Gales porque isso vai dar-me mais força nas negociações do Brexit. O voto noutro qualquer partido será um voto na fraqueza de Jeremy Corbyn, com uma coligação caótica que pode pôr em risco o futuro da nossa nação”, afirmou a primeira-ministra.</p> <p>De acordo com uma sondagem divulgada esta segunda-feira, o Partido Conservador de May conquista cerca de 48% das intenções de voto dos britânicos…à frente dos trabalhistas…com 27% das intenções.<br /> Recorde-se que eleições antecipadas foram marcadas para o dia 8 de junho.</p>