Última hora

Última hora

Discussão a bordo obriga avião britânico a aterrar nos Açores

Discussão devido a exigência de um casal em ser transferido da classe económica para a executiva interrompe voo para a Jamaica e motiva aterragem imprevista na base aérea das Lajes, ilha Terceira, e à intervenção da polícia.

Em leitura:

Discussão a bordo obriga avião britânico a aterrar nos Açores

Tamanho do texto Aa Aa

Um avião da companhia aérea British Airways divergiu quarta-feira para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou a Força Aérea Portuguesa.

“Tratou-se de uma discussão entre a tripulação e um casal que viajava em classe económica e queria passar para a executiva. A situação motivou a aterragem do avião nas Lajes”, adiantou à agência Lusa o porta-voz da Força Aérea, Tenente-coronel Costa, acrescentando que a situação terá sido filmada por telemóvel por um dos membros do casal.

O avião tinha levantado voo do aeroporto de Gatwick pelas 12:35, já com um atraso de 01:15 em relação ao previsto. Aterrou na Terceira por volta das 16:20, revela a página flightaware.

De acordo com o Tenente-coronel Costa, não se tratou de nenhuma situação de emergência, mas sim de segurança a bordo.

“O casal britânico vai ficar na ilha Terceira para prestar declarações à PSP, sendo que o avião deve estar prestes a descolar da pista das Lajes”, garantiu o responsável, sem adiantar qual a origem e destino final da aeronave da British Airways.



Fonte ligada ao setor da aviação explicou à Lusa tratar-se de um Boeing 777 que tinha descolado do aeroporto de Gatwick, em Londres, com destino à Jamaica. Tratava-se do voo BA2263.

A mesma fonte acrescentou que o avião se encontrava ainda na zona de controlo de Santa Maria, Açores, quando o piloto decidiu voltar para trás e aterrar na base aérea das Lajes.


Texto: Lusa (RME/JGS)
Edição: Francisco Marques