This content is not available in your region

Palestinianos em greve de fome em apoio a detidos

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
Palestinianos em greve de fome em apoio a detidos

<p>Várias centenas de membros da Jihad Islâmica da Palestina iniciaram uma greve de fome de 24 horas para mostrar apoio aos presos palestinianos, que permanecem em cadeias israelitas. </p> <p>Mais de um milhar de detidos, de acordo com fontes palestinianas, está também em greve de fome, mas desde dia 16, em resposta a um apelo de Marwan Barghouti, preso mas visto como um possível futuro presidente palestiniano. </p> <p>Para esta sexta-feira, decretada como “Dia da Raiva”, decorreu uma paralisação geral. Escolas, empresas e transportes públicos foram todos encerrados. </p> <p>Como vem sendo hábito palestinianos da Cisjordânia entraram em confrontos com as forças de segurança israelitas. Violência que tinha já ocorrido quinta-feira em Belém. </p> <p>Há cerca de 7000 palestinianos nas prisões israelitas, incluindo algumas centenas de menores de idade. Alguns deles sob detenção administrativa o que permite às autoridades de Telavive manterem-nos presos sem acusação formal.</p>