Última hora

Em leitura:

Macron visita memoriais do Holocausto


França

Macron visita memoriais do Holocausto

Hot Topic Saiba mais sobre Eleições presidenciais francesas 2017

Depois de Oradour-sur-Glane, a aldeia dizimada pelos nazis na Segunda Guerra Mundial, Emmanuel Macron continua a peregrinação pelos locais relacionados com a memória desta época, num claro confronto com as raízes da Frente Nacional da adversária Marine Le Pen. A mais recente paragem foram dois memoriais do Holocausto e da deportação, em Paris.

No mesmo dia, também Marine Le Pen homenageou as vítimas do Holocausto, mas longe das câmaras.

“Temos hoje um dever que é duplo: o dever de memória e de garantir que algo semelhante não volta a acontecer. Isso significa não aceitar este enfraquecimento moral pelo qual alguns se sentem tentados, nem pelo relativismo, igualmente tentador, nem pelo negacionismo, no qual há quem procure refúgio”, disse Macron.

As instituições judaicas de França garantiram o apoio unânime ao candidato liberal, que tem também um novo apoio declarado, o do antigo ministro e líder centrista Jean-Louis Borloo, que se mostrou pronto para trabalhar com Macron.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Alemanha

Alemães defendem França... e queijo na UE