This content is not available in your region

Universidade de Soros: Órban poderá ceder ao ultimato da UE

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Universidade de Soros: Órban poderá ceder ao ultimato da UE

<p>O primeiro-ministro húngaro poderá ceder ao ultimato de Bruxelas para que anule uma polémica lei contra as universidades estrangeiras no país no prazo de um mês. </p> <p>Viktor Órban terá aceite fazer marcha atrás na medida, durante uma reunião do Partido Popular Europeu, antes do Conselho Europeu em Bruxelas, este sábado, segundo o porta-voz do <span class="caps">PPE</span>, Siegfried Muresan. </p> <p>A decisão húngara visa a universidade do norte-americano George Soros, instalada em Budapeste. </p> <p>O milionário, acusado por Órban de financiar a oposição, reuniu-se recentemente com o presidente da Comissão Europeia, que denunciou o que considera ser uma violação dos direitos fundamentais europeus.</p> <p>A nível oficial, o governo húngaro, rejeita falar de concessões, afirmando estar a negociar o assunto com a União Europeia.</p> <p>A decisão de Órban tinha originado vários protestos no país, depois da aprovação de uma lei que poderia levar ao encerramento da Universidade da Europa Central (<span class="caps">UEC</span>) de George Soros.</p> <p>A nova medida, feita à medida da situação da <span class="caps">UEC</span>, limitava a instalação de universidades estrangeiras na Hungria aos estabelecimentos com escolas em funcionamento no país de origem.</p> <p>O empresário norte-americano é acusado por alguns países do leste da Europa e pela Rússia de fomentar as revoltas populares que derrubaram vários governos no Médio Oriente, no Norte de África e no leste da Europa.</p>