Última hora

Última hora

Real e Atlético, confronto de eternos rivais

Desta vez, só um dos dois vai ser finalista da Champions.

Em leitura:

Real e Atlético, confronto de eternos rivais

Tamanho do texto Aa Aa

Os eternos rivais de Madrid parecem condenados a encontrar-se nas competições europeias. Depois das finais de 2014 e do ano passado, o Real e o Atlético voltam a defrontar-se na Champions, mas desta vez só um deles vai ser finalista.

A primeira mão desta meia-final joga-se esta terça-feira no Santiago Bernabéu. O Real Madrid saiu vencedor dos últimos confrontos com o rival para a Champions, mas o treinador Zinédine Zidane sabe que nada está ganho: “É uma equipa que sempre nos criou muitas dificuldades, tal como muitas outras. A principal força deles é que nunca baixam os braços, aconteça o que acontecer”, disse o francês.

Se, na Champions, o Real continua a ser a pedra no sapato do Atlético, nas competições espanholas há mais equilíbrio. Desde que Diego Simeone assumiu o comando, os colchoneros bateram os merengues duas vezes para a Taça do Rei e em metade dos oito jogos para a Liga.

Apesar de não poder contar com três defesas, incluindo Juanfran e Giménez, Simeone está confiante na partida. Do lado do Real, Pepe e Bale são as principais baixas: “Espero que seja um jogo bem disputado, em que saibamos aproveitar os espaços, isto se nos derem algum espaço. É possível que queiram especular com o jogo, porque a segunda mão é em nossa casa e os golos fora valem sempre mais. O nosso adversário vai tentar aproveitar esta situação na segunda mão”, disse o treinador argentino do Atlético.

O Real Madrid-Atlético de Madrid é o grande jogo desta jornada da Champions. A outra meia-final coloca frente a frente o Mónaco e a Juventus e joga-se quarta-feira. Ambos os jogos são às 19:45, hora de Lisboa.