Última hora

Em leitura:

Brexit "não será rápido e sem dor", disse negociador pela UE


A redação de Bruxelas

Brexit "não será rápido e sem dor", disse negociador pela UE

O principal negociador da União Europeia (UE) para o Brexit mostrou-se realista sobre a dificuldade do processo, dando detalhes legais e técnicos numa conferência de imprensa, esta quarta-feira, em Bruxelas.

Michel Barnier, disse que “alguns criaram a ilusão de que o Brexit não teria nenhum impacto material nas nossas vidas, ou que a negociação poderia ser concluída rapidamente e sem dor. Não é o caso, porque são necessárias soluções sólidas e precisão legal, o que levará tempo”.

Bruxelas não desiste de pedir ao Reino Unido para pagar tudo aquilo com que se comprometeu no atual orçamento plurianual que só termina em 2020.

“Não é um castigo, não é uma fatura a pagar pelo Brexit, trata-se da mera liquidação financeira de compromissos existentes”, acrescentou Barnir, sobre um valor que os próprios serviços da Comissão Europeia estimam que possa ser à volta dos 60 mil milhões de euros.

O valor servirá também para pagar as pensões e outros direitos dos cidadãos mais afetados pelo Brexit (britânicos a viverem em países da UE e vice-versa), principal prioridade na negociação.