Última hora

Em leitura:

EUA: polícias que mataram afro-americano em Baton Rouge não serão acusados


EUA

EUA: polícias que mataram afro-americano em Baton Rouge não serão acusados

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos decidiu não avançar com acusações formais contra os dois polícias brancos envolvidos na morte de um homem de raça negra, em Baton Rouge, no Louisiana, em julho do ano passado.

O incidente, registado num vídeo amador, provocou uma vaga de protestos por todo o país.

Alton Sterling, de 37 anos, foi morto na sequência de uma detenção musculada, voltando a trazer para primeiro plano as divergências raciais latentes nos Estados Unidos e a questão da violência policial.

A decisão tomada pelo procurador-geral Jeff Sessions, nomeado por Donald Trump, promete reavivar tensões e surge num momento em que a nova administração norte-americana é alvo de escrutínio pela forma como tratará processos relativos a tiroteios policiais com conotações raciais, considerados como uma prioridade por Barack Obama.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Venezuela

Venezuela: crise sob de tom depois de Maduro anunciar assembleia constituinte