Última hora

Em leitura:

Muitos franceses, no estrangeiro e províncias ultramarinas, já votaram


França

Muitos franceses, no estrangeiro e províncias ultramarinas, já votaram

Na Guiana francesa, na América do Sul, onde a participação na primeira volta das presidenciais gaulesas foi muito fraca, menos de 35 por cento, já se votou para eleger o novo chefe de Estado. Nesta província, e na primeira ronda, Jean-Luc Melanchon venceu mas por pouco.

As províncias ultramarinas e comunidades francesas no estrangeiro começaram a votar no sábado.

Numa assembleia de voto em Montreal, Quebec, Canadá, uma hora antes da abertura das urnas já havia uma fila de 2 quilómetros de eleitores para votar.

No total há um milhão e trezentos mil franceses que votam no estrangeiro, em Portugal também.

Em Nova Iorque, os franceses que vivem nesta cidade dos EUA, também já votaram numa das nove assembleias de voto existentes para o efeito.