Última hora

Em leitura:

Família palestiniana processa Estado de Israel


Israel

Família palestiniana processa Estado de Israel

Os familiares do casal palestiniano morto em 2015 num ataque israelita com uma bomba incendiária acusam colonos judeus da responsabilidade do crime e pedem justiça.

O ataque provocou um incêndio fatal para Saad Dawabsheh, sua esposa Riham e o filho Ali de 18 meses. Um processo judicial foi lançado contra o governo israelita.

O avô, Hussein Dawabshe, lamenta a sorte da criança do casal de 4 anos, único sobrevivente: “Ahmad ficou sem pai e sem mãe. Ahmad sofre de muitos problemas devido ao seu estado psicológico. Quando Ahmad vai tomar banho olha para o corpo e pergunta o que lhe aconteceu? O que devo fazer? Por que fizeram isso?

O advogado da família explicou que o casal morava com os dois filhos na aldeia da Cisjordânia sob controlo israelita e, portanto, o governo é responsável por não os ter protegido.

“A família Dawabsheh processa Israel para obter uma compensação de dezenas de milhões de shekels”, disse Amara.

A família acusa Israel de ignorar o perigo da incitação ao ódio e a violência dos colonos judeus da Cisjordânia. O ataque à aldeia de Duma e a prolongada investigação ajudaram a alimentar meses de violência entre as duas comunidades no território. Dois extremistas judeus foram acusados de homicídio e o processo está em curso.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

França

Poderá Macron governar uma França tão dividida?