Última hora

Em leitura:

Nigéria: 82 raparigas de Chibok encontram-se com o presidente depois de serem libertadas pelo Boko Haram


Nigéria

Nigéria: 82 raparigas de Chibok encontram-se com o presidente depois de serem libertadas pelo Boko Haram

82 raparigas libertadas, no sábado, pelo grupo radical islâmico Boko Haram, encontraram-se este domingo com o presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari.

Segundo fontes do Governo, citadas pelas agências de notícias internacionais, cinco comandantes do Boko Haram foram libertados, em troca da libertação destas raparigas de Chibok, raptadas há três anos.

O Governo garantiu a liberdade das 82 jovens através da mediação do Governo da Suíça e da Cruz Vermelha Internacional.

Buhari garantiu que serão feitos todos os esforços para libertar mais de uma centena de jovens de Chibok que estão ainda nas mãos do Boko Haram.

A porta-voz do Cruz Vermelha Internacional, Aleksandra Mosimann, adverte que milhares de crianças continuam reféns dos extremistas: “Além do grupo de Chibok, há muitas outras crianças lá. Milhares que não estão com as suas famílias, hoje, por causa do conflito armado, no nordeste da Nigéria. Também elas têm de se reunir com as suas famílias.”

Em abril de 2014, 276 raparigas foram raptadas do liceu de Chibok, pelo Boko Haram.

Depois do rapto, 57 conseguiram fugir e, em outubro de 2016, os terroristas libertaram 21.

As jovens tornaram-se num símbolo dos milhares de pessoas sequestradas pelo Boko Haram.