Última hora

Em leitura:

"Os alemães esperam mudança em França para se poder mudar a UE"


A redação de Bruxelas

"Os alemães esperam mudança em França para se poder mudar a UE"

Hot Topic Saiba mais sobre Eleições presidenciais francesas 2017

Emmanuel Macron suscita grandes esperanças na União Europeia, o seu capital de simpatia é alto, pode-se mesmo falar de “Macronmania” nas instituições europeias, em Bruxelas. Mas será que vai durar?

Para debater o tema, a euronews convidou Jean Quatremer, correspondente do jornal francês Libération e autor do blogue “Bastidores de Bruxelas”, numa entrevista do chefe da nossa redação, Fréderic Bouchard.

“Os alemães estarão preparados para ouvir a França apenas quando a França se encontrar em melhor situação e cumprir as suas obrigações. Os alemães pensam que a França promete muito mas que não cumpre. Macron pretende agir rapidamente nos próximos meses, caso tenha uma maioria no governo, e se cumprir essas promessas, vai ter uma grande abertura dos parceiros alemães”, explicou Quatremer.

“Os alemães compreenderam que não podiam continuar a acumular excedentes e a dar lições ao resto da Europa, porque isso contribui para aumentar o sentimento eurocético, anti-europeu. Perceberam essa realidade, mas só poderão avançar noutro sentido quando a França também o fizer. No dia em que a França estiver numa melhor situação, vai poder falar com a Alemanha ao mesmo nível e, juntos, estes países podem mudar a Europa, no sentido de maior integração, mas a prioridade é mudar a França e penso que Emmanuel Macron compreende isso muito bem”, disse ainda,

Veja a entrevista na íntegra em vídeo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

A redação de Bruxelas

Bastião de Le Pen: UE não pode existir "às nossas custas"