Última hora

Em leitura:

Trump despede diretor do FBI James Comey


EUA

Trump despede diretor do FBI James Comey

Donald Trump despediu o diretor do FBI, James Comey.

A decisão, surpreendente, foi anunciada através de um comunicado da Casa Branca, que precisa que o presidente dos Estados Unidos seguiu “recomendações claras” do procurador-geral, Jeff Sessions. O texto precisa que o afastamento de Comey tem “efeito imediato”, abrindo também o processo para encontrar rapidamente um sucessor.

Segundo uma fonte no FBI, a notícia apanhou Comey “de surpresa” e “desprevenido”. A decisão do presidente republicano foi rapidamente criticada pelo campo democrata.

O líder democrata no Senado, Chuck Schumer, afirmou que “se a administração tinha objeções à forma como Comey conduziu a investigação Clinton, tinha-as desde que o presidente assumiu o cargo. Mas não o despediu [nessa altura]. Porquê agora? Sabemos que o FBI tem investigado a possibilidade da campanha de Trump ter conspirado com os russos”.

Comey dirigia a investigação a eventuais ligações entre elementos da campanha de atual presidente e a Rússia com o objetivo de influenciar as eleições de 2016. Sessions terá recomendado o afastamento de Comey pelas revelações que fez acerca do inquérito aos emails de Hillary Clinton.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Tailândia

Banguecoque atribui autoria de ataque em Pattani a independentistas islâmicos