Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: A confiança de Allegri e o orgulho de Jardim

Em leitura:

Liga dos Campeões: A confiança de Allegri e o orgulho de Jardim

Tamanho do texto Aa Aa

A Juventus foi a primeira equipa a carimbar o passaporte para a final da Liga dos Campeões, 5 de junho em Cardiff. A Vecchia Signora repetiu a vitória da primeira mão frente ao Mónaco e chega ao jogo mais importante do futebol europeu pela nona vez. Vitórias, por enquanto só duas, mas para Massimiliano Allegri a equipa está preparada para vingar a derrota de 2015 em Berlim:

“Este ano chegamos à final mais conscientes, crescemos e estamos mais maduros. Isto não quer dizer que sejamos favoritos a ganhar a Liga dos Campeões. Vamos defrontar o Real ou o Atlético, provavelmente o Real, que é uma equipa com grandes jogadores. Vamos precisar de toda a nossa habilidade, de defender bem e também de um pouco de sorte para podermos vencer.”

Para Leonardo Jardim resta o orgulho na hora da derrota:

“Penso que fizemos uma grande Liga dos Campeões e estou muito orgulhoso dos meus jogadores. Fizemos um percurso extraordinário, passámos a fase de grupos e viemos até às meias-finais. Os jogadores também estão muito satisfeitos, para uma boa parte deles esta foi a primeira experiência a jogar a este nível.”

A Juventus irá defrontar na final o vencedor do dérbi de Madrid entre Real e Atlético, que se joga esta noite no Vicente Calderón.