Última hora

Em leitura:

EUA: mega-operação de combate aos gangues


EUA

EUA: mega-operação de combate aos gangues

Estados Unidos lançam uma das maiores operações anti gangues de sempre. A polícia visou membros e grupos criminosos envolvidos em atividades transnacionais, incluindo tráfico de drogas, contrabando de pessoas e armas, tráfico sexual, assassinato e extorsão. Dos 1.378 detidos, 933 são cidadãos americanos e 445 vêm de outros países. Do total de presos, 1.095 foram confirmados como membros ou associados a gangues. As prisões ocorreram principalmente nas áreas de Houston, Nova York, Atlanta, Newark e Nova Jersey.

Os serviços norte-americanos de controlo de imigração trabalharam ao longo de seis semanas em coordenação em diferentes cidades do país. Apenas 280 detenções foram motivadas por fatores relacionados com a imigração, ainda que o organismo equivalente norte-americano ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras não tenha disponibilizado dados sobre quantos estavam em situação ilegal no país.

Uma operação semelhante ocorridaa em março de 2016 resultou em mais de 1.100 prisões. Destas, 239 dos detidos eram estrangeiros. Segundo as autoridades este tipo de ação tem como objetivo erradicar a violência que os grupos criminosos praticam nas comunidades e deter o fluxo dessas gangues transnacionais. Desde 2005, milhares de agentes trabalham em conjunto com os governos estaduais e federal para travar o fenómeno.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Suíça

Diamante 'a lenda' vai a leilão