Última hora

Em leitura:

Trump ameaça Comey e jornalistas


EUA

Trump ameaça Comey e jornalistas

Ameaças contra o diretor demitido do FBI, ameaças contra os jornalistas. Donald Trump avisou o ex-chefe da polícia federal norte-americana (FBI), James Comey, para não revelar à imprensa o conteúdo das conversas que tiveram, antes do presidente norte-americano o ter demitido.

No twitter, Trump afirma. “James Comey espero que não existam gravações das nossas conversas, antes de as divulgares à imprensa”. O Presidente tinha indicado numa entrevista que perguntou a Comey se estava a ser visado pelo inquérito do FBI sobre um conluio com a Rússia.

Mas há mais, Trump, que se diz vítima da maldade dos jornalistas, afirma que o seu assessor de imprensa, Sean Spicer, não consegue ser exato nas conferências de imprensa.

Explicou no twitter: “Na qualidade de presidente muito ativo e com numerosas situações a decorrer, nem sempre é possível às minhas equipas subirem a um estrado com uma exatidão perfeita”.

Por isso Trump ameaça acabar com as conferências de imprensa e entregar respostas por escrito sobre qualquer dúvida ou questão, em nome da exatidão.

Sean Spicer, o porta-voz do presidente, apanhado em fogo cruzado na Casa Branca.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Portugal

Centenário das Aparições de Fátima: Papa Francisco já descansa na Casa de Nossa Senhora do Carmo