Última hora

Militares rebelam-se na Costa do Marfim

Em leitura:

Militares rebelam-se na Costa do Marfim

Tamanho do texto Aa Aa

Há vários dias que a violência voltou às ruas de algumas cidades da Costa do Marfim, entre elas Abidjan. Um grupo de soldados, ex-rebeldes que ajudou o atual presidente a chegar ao poder, e que exigem salários mais elevados e melhores condições de vida tinha-se já rebelado em janeiro. Este novo levantamento terá provocado, pelo menos, seis feridos e um morto.

O epicentro dos motins de janeiro e destes últimos ocorre em Bouaké. Nos últimos dias têm-se ouvido disparos e o acesso das quatro entradas à segunda maior cidade do país chegou a estar bloqueado. O chefe de Estado já disse que dará um bónus aos soldados mas agora estes dizem que isso já não chega.

Nas ruas de Abidjan concentraram-se, este domingo, dezenas de apoiantes do presidente pedindo o fim do motim.