Última hora

Em leitura:

Senadores Democratas pressionam Trump


EUA

Senadores Democratas pressionam Trump

Nos Estados Unidos os senadores do Partido Democrata exigem que seja disponibilizada a transcrição da conversa entre Donald Trump e o ministro dos Negócios Estrangeiros russo. Depois da notícia do Washington Post, de que o chefe de Estado norte-americano teria divulgado informação secreta a Sergei Lavrov, os Democratas querem tirar a questão a limpo:

“O Presidente deve disponibilizar, imediatamente, as transcrições completas e não editadas. Sem mas, nem porquês. Se o Presidente pôs em risco a Segurança Nacional e as nossas operações secretas, o Congresso tem o direito de saber”, afirmou Chuck Schumer, Senador Democrata.

A Casa Branca continua a negar que tenha sido dito algo que não fosse já do conhecimento público:

“A informação partilhada pelo presidente foi totalmente apropriada. A história combinou o que foi “vazado” com outra informação e depois insinuou-se que teria a ver com fontes e métodos. Por isso, quero deixar claro que o Presidente não comprometeu, de forma alguma, qualquer fonte ou método no decurso dessa conversa”, adiantou H. R. McMaster.

O senador republicano, John McCain, classifica a notícia de “profundamente perturbadora” e acrescentou que pode pôr em causa a partilha de informação dos parceiros dos Estados Unidos com Washington.

O Kremlin já desvalorizou as acusações feitas a Trump, que considera “um completo disparate”.