Última hora

Em leitura:

Justiça italiana investiga Ismail Hosni


Itália

Justiça italiana investiga Ismail Hosni

Com Reuters

A Justiça italiana abriu uma investigação sobre um homem que esfaqueou um agente da polícia e dois soldados na principal estação ferroviária milanesa, Minalo Centrale. As autoridades suspeitariam de que se tratou de um ataque com motivações ligadas ao terrorismo jihadista internacional.

Segundo a polícia, Ismail Hosni, de 20 anos, atacou os três homens depois de um deles lhe ter pedido a identificação. As imagens das câmaras de segurança da estação mostram o jovem a ser abordado pelo agente e pelos dois militares. Momentos depois, atacou o polícia com uma faca e acabou por ser imobilizado pelos três homens.

O suspeito tem dupla nacionalidade, italiana e tunisina. Poderá vir a ser acusado de tentativa de homicídio. As autoridades querem também saber se Hosni tem mantido contacto com grupos militantes jihadistas.

Recentemente, os investigadores ordenaram o fecho de uma página do Facebook, com conteúdo considerado ilegal, por fazer propaganda às ações dos jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico ou Daesh (sigla em língua árabe).




Reino Unido

Assange: É um dia importante para mim e para os Direitos Humanos