Última hora

Em leitura:

O frio acolhimento de Okja, da Netflix, em Cannes


França

O frio acolhimento de Okja, da Netflix, em Cannes

Com agências

Em Cannes, o filme Okja, do sul-coreano Bong Joon-ho, o primeiro filme da Netflix candidato a uma Palma de Ouro, foi recebido de forma fria, esta sexta-feira de manhã, durante a primeira exibição. Algumas vaias, uma interrupção e aplausos depois, a verdade é que a primeira sessão conseguiu, pelo menos, um objetivo: não passar despercebida.

A presença de um filme produzido pela Netflix foi muito criticada em Cannes, já que os produtores consideram que a forma de distribuição do conteúdo, em streaming e fora das salas de cinema, constitui concorrência desleal.

A organização do Festival de Cannes já disse que tem a intenção de alterar as regras da próxima edição, permitindo em competição apenas filmes cuja distribuição em salas de cinema seja assegurada.

Suécia

Suécia arquiva processo de violação mas Assange ainda não está livre