Última hora

União Europeia oferece apoio ao Reino Unido contra terrorismo

Em memória das vítimas do ataque terrorista em Manchester, as bandeiras da Comissão Europeia foram colocadas a meia-haste e o presidente do executivo europeu enviou uma nota de condolências ao Reino U

Em leitura:

União Europeia oferece apoio ao Reino Unido contra terrorismo

Tamanho do texto Aa Aa

Em memória das vítimas do ataque terrorista em Manchester, as bandeiras da Comissão Europeia foram colocadas a meia-haste e o presidente do executivo europeu enviou uma nota de condolências ao Reino Unido.

Jean-Claude Juncker disse que “amanhã trabalharemos lado a lado convosco para combater aqueles que tentam destruir o nosso modo de vida”.

A mesma mensagem foi reforçada pela chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, dizendo que “este é um dia muito triste para a Europa”.

“Gostaria de começar por expressar as minhas condolências pessoais e em nome das instituições da União Europeia a todos os entes queridos das vítimas do ataque terrorista em Manchester e expressar as nossas condolências a todos os cidadãos do Reino Unido, à primeira-ministra e todas as autoridades do país. Estive em contacto com o ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Boris Johnson, oferecendo todo o apoio institucional da União Europeia, que possa ser considerado útil pelas autoridades britânicas, em especial o reforço do intercâmbio de informações e a cooperação em matéria de luta contra o terrorismo”, acrescentou Mogherini.

Em Bruxelas, para participar no Conselho de Economia e Finanças, o novo ministro francês com a pasta também se referiu ao ataque.

Bruno Le Maire disse que “gostaria de expressar a minha profunda solidariedade com o povo britânico após o terrível ataque terrorista em Manchester. Penso que todos estamos conscientes de que vai levar muito tempo para nos livrarmos da ameaça terrorista, mas se trabalharmos em conjunto, unidos, vamos lutar e ganhar”.

O Parlamento Europeu e outras instituições da União juntaram-se às expressões de condolências e envio de apoio ao governo e povo do Reino Unido que chegam um pouco de todo o mundo.