Última hora

Última hora

União Europeia oferece apoio ao Reino Unido contra terrorismo

Em leitura:

União Europeia oferece apoio ao Reino Unido contra terrorismo

União Europeia oferece apoio ao Reino Unido contra terrorismo
Tamanho do texto Aa Aa

Em memória das vítimas do ataque terrorista em Manchester, as bandeiras da Comissão Europeia foram colocadas a meia-haste e o presidente do executivo europeu enviou uma nota de condolências ao Reino Unido.

Jean-Claude Juncker disse que “amanhã trabalharemos lado a lado convosco para combater aqueles que tentam destruir o nosso modo de vida”.

A mesma mensagem foi reforçada pela chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, dizendo que “este é um dia muito triste para a Europa”.

“Gostaria de começar por expressar as minhas condolências pessoais e em nome das instituições da União Europeia a todos os entes queridos das vítimas do ataque terrorista em Manchester e expressar as nossas condolências a todos os cidadãos do Reino Unido, à primeira-ministra e todas as autoridades do país. Estive em contacto com o ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Boris Johnson, oferecendo todo o apoio institucional da União Europeia, que possa ser considerado útil pelas autoridades britânicas, em especial o reforço do intercâmbio de informações e a cooperação em matéria de luta contra o terrorismo”, acrescentou Mogherini.

Em Bruxelas, para participar no Conselho de Economia e Finanças, o novo ministro francês com a pasta também se referiu ao ataque.

Bruno Le Maire disse que “gostaria de expressar a minha profunda solidariedade com o povo britânico após o terrível ataque terrorista em Manchester. Penso que todos estamos conscientes de que vai levar muito tempo para nos livrarmos da ameaça terrorista, mas se trabalharmos em conjunto, unidos, vamos lutar e ganhar”.

O Parlamento Europeu e outras instituições da União juntaram-se às expressões de condolências e envio de apoio ao governo e povo do Reino Unido que chegam um pouco de todo o mundo.