Última hora

Em leitura:

"Lendas do Espaço": O telescópio espacial Hubble


space

"Lendas do Espaço": O telescópio espacial Hubble

O ‘Lendas do Espaço’ recorda alguns dos momentos mais decisivos da exploração espacial. Desta feita recuamos até maio de 1990, quando o Telescópio Espacial Hubble começou a funcionar. Aqui ficam os depoimentos de dois cientistas que trabalharam de perto com este instrumento revolucionário.

“Passámos a ter a possibilidade de olhar para as estrelas, para o universo, de uma forma extremamente precisa, com imagens extremamente rigorosas. E de observar as luzes que são absorvidas pela atmosfera terrestre, como os ultravioletas ou os infravermelhos. Estávamos entusiasmados com as possibilidades de descoberta. E foi o que aconteceu”, diz-nos Roger-Maurice Bonnet, antigo responsável da ESA.

“Os astrofísicos vão envelhecendo e o Hubble continua”

Segundo Giovanna Tinetti, professora da University College de Londres, “tudo mudou quando se fizeram as primeiras observações. Foi o que passei a fazer, porque era muito mais entusiasmante. As observações revolucionárias do Hubble tornaram-no no primeiro instrumento que nos fez compreender realmente a natureza de galáxias muito distantes. O Hubble tornou-se num marco para gerações de astrofísicos e isso é notável. Os astrofísicos vão envelhecendo e o Hubble continua”.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Um olhar mais atento sobre o planeta Terra

space

Um olhar mais atento sobre o planeta Terra