Última hora

Em leitura:

Hungria: Piquenique contra a nova lei de classificação das ONG's


Hungria

Hungria: Piquenique contra a nova lei de classificação das ONG's

Um grande piquenique frente ao parlamento da Hungria. Uma forma de protesto para centenas de pessoas contra a proposta de lei que discrimina as organizações não governamentais em função do financiamento nacional ou estrangeiro.

Um manifestante afirma: “Penso que a Hungria é um país fascista e temos que acabar com isto. Penso que esta é a forma mais pacífica de fazê-lo, um apoio total”.

Para Dóra Papp, responsável da fundação Krétakör Foundation, uma das organizadoras do protesto, “Estigmatizar estas organizações e não só estigmatizá-las mas persegui-las mostra a visão do futuro deste país, ou seja uma profunda e concreta crise democrática”.

O partido do poder, o Fidesz, apresentou uma proposta para diferenciar as organizações que são apoiadas por organismos estrangeiros. Uma forma de clarificação diz o governo; uma forma de estigmatização dizem os opositores. A lei será votada no parlamento húngaro a 13 de junho.

A repórter Andrea Hajagos diz que “o Conselho da Europa pediu à Hungria para suspender o debate parlamentar há um mês e, desde aí, nada aconteceu e, na verdade”, acrescenta, “não deverá haver quaisquer consequências ao nível internacional se a lai for aprovada”.