Última hora

Última hora

Música antigoverno dos Captain Ska é sucesso de vendas no Reino Unido

Coletivo londrino já havia criticado David Cameron em 2010 e volta à carga contra a nova líder do governo conservador britânico; a menos de duas semanas das eleições gerais no Reino Unido, o grupo fala à euronews.

Em leitura:

Música antigoverno dos Captain Ska é sucesso de vendas no Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

“Ela é uma mentirosa, mentirosa”, ouve-se no refrão do mais recente sucesso dos Captain Ska, coletivo londrino de protesto político antiausteridade através da música. A menos de duas semanas das eleições gerais no Reino Unido, no alvo do grupo mantém-se o primeiro-ministro britânico e a adesão está a crescer..

Depois de David Cameron e da coligação no governo há sete anos, agora é Theresa May a visada e uma vez mais o Partido Conservador britânico.



O tema é uma nova versão do sucesso de 2010 “Liar Liar”, conta com excertos dos discursos de May e tem vindo a escalar a tabela de vendas do iTunes britânico. O objetivo é “obrigar” a BBC (a rádio pública britânica) a rodar o tema nesta derradeira semana de campanha eleitoral.

“Liar Liar GE2017” chegou já ao top3 da loja digital norte-americana e colocou os Captain Ska à frente de artistas do calibre Shawn Mendes, Harry Styles, Miley Cyrus, Ed Sheeran ou Lady Gaga.

Concerto na véspera das eleições

À euronews, numa rápida troca de correio eletrónico, os Captain Ska consideram ser “fantástico” o rápido sucesso da canção e revelaram-se “maravilhados” pelo crescente movimento em torno de “Liar Liar.”

Sobre a omissão do tema nas rádios, o coletivo conta-nos que as emissoras alegam tratar-se de “regras eleitorais” e defende que as estações podiam no mínimo passar “um excerto.”

Para a próxima quarta-feira, 7 de junho, véspera das eleições, os Captain Ska dizem-nos ter marcado “um grande concerto em Londres”. “Pormenores em breve”, prometem.

Um protesto de 90 cêntimos

“A crise no serviço nacional de saúde, a crise na educação, os recuos… não podem confiar em Theresa May”, avisam os Captain Ska na legenda do teledisco publicado quinta-feira via Youtube.

O single da nova versão de “Liar Liar” foi colocada à venda, em versão digital, no dia seguinte, 26 de maio, e custa 76 “pence” de libra esterlina — o equivalente a 90 cêntimos de euro.

Cerca de 72 horas depois é já uma das mais vendidas na loja digital iTunes e o grupo espera conseguir colocar a música “no top 40”. “Descarregue agora a música e obrigue a BBC a rodá-la”, apelam os Captain Ska.

O coletivo garante que “todas as receitas provenientes do descarregamento da música entre o dia 26 de maio e o dia 8 de junho (dias das eleições) vão ser divididas entre bancos alimentares no Reino Unido e a Assembleia Popular Contra a Austeridade. “


O descarregamento da música está disponível pelo iTunes, na Amazon, no Spotify e no Bandcamp.

Na respetiva página de internet oficial, o grupo define-se como “uma reconhecida voz musical contra a austeridade e as políticas neoliberais” após o sucesso de “Liar Liar” em 2010.


Os Captain Ska são formados por “alguns dos melhores músicos profissionais de Londres que normalmentge são vistos ao lado de artistas como Paloma Faith, The Streets, Culture Club, Girls Aloud ou Vampire Weejkend”, lê-se no “site” do grupo.

“Os lendários concertos ao vivo combinam uma grande dose de festa com uma forte mensagem de protesto”, acrescenta ainda a página.


Recorde aqui o tema original de 2010