Última hora

Em leitura:

Tempestade mortífera assola Moscovo


Rússia

Tempestade mortífera assola Moscovo

A cidade de Moscovo permanece em alerta meteorológico após a violenta tempestade que provocou, esta segunda-feira, pelo menos 13 mortos e mais de 60 feridos.

Os ventos ciclónicos de 22 metros por segundo (80km/h), destruíram árvores e postes de eletricidade, arrastaram chapas de metal de telhados e edifícios e derrubaram mesmo gruas da construção civil, deixando mais de 7 mil pessoas sem eletricidade.

A proteção civil prossegue as tarefas de limpeza quando uma nova tempestade poderia voltar a cruzar a cidade durante esta noite, segundo os serviços meteorológicos.

A intempérie bloqueou igualmente várias vias de acesso à capital, entre estradas e caminhos de ferro, provocando atrasos no tráfego do aeroporto de Moscovo.

Portugal

Cimeira Ibérica arranca no Douro