Última hora

Em leitura:

União Europeia convidada a sancionar regime da Venezuela


A redação de Bruxelas

União Europeia convidada a sancionar regime da Venezuela

Os líderes do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, e da Assembleia Nacional da Venezuela, Julio Borges, estão de acordo sobre a necessidade de sanções contra o regime de Nicolas Maduro, face à onda de repressão naquele país, disseram os homólogos, no final de um encontro, quarta-feira, em Bruxelas.

“Queremos pedir ajuda, não só ao Parlamento Europeu, mas também à Comissão e ao Conselho, no sentido de que os violadores dos direitos humanos sejam alvo de sanções por parte das instituições da União Europeia”, disse Julio Broges.

O homólogo do Parlamento Europeu prometeu tentar obter o apoio dos líderes do executivo e do órgão que representa os Estados-membros.

“Os Estados Unidos decidiram recentemente impor uma série de sanções contra os magistrados do Supremo Tribunal de Justiça. Devemos considerar tomar ações similares. Nesse sentido, enviei uma carta ao presidente Tusk e ao presidente Juncker para abordar este assunto e analisar que medidas específicas poderemos tomar”, referiu Antonio Tajani.

Júlio Borges, que é opositor do Presidente venezuelano, convidou oficialmente uma delegação de eurodeputados a visitar o país para “constatar, sobretudo, o problema humanitário, onde todos os dias há pessoas que morrem de fome”.