Última hora

Berlim e Pequim unidos contra as alterações climáticas

Em leitura:

Berlim e Pequim unidos contra as alterações climáticas

Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã e o primeiro-ministro chinês comprometeram-se, esta quinta-feira, em expandir a sua parceria e a continuar a luta contra as alterações climáticas. A Alemanha é a primeira paragem de Li Keqiang, na sua digressão europeia. Entre os assuntos debatidos esteve o das mudanças climáticas. A China mostra-se mais aberta do que nunca à importância desta matéria:

“Para crescermos precisamos de sustentabilidade, desenvolvimento ecológico. É por isso que a China avança no sentido de aderir ao Acordo de Paris sobre o Clima”, afirmou Li Keqiang.

Angela Merkel, para quem as conversações durante o G7, em Itália, foram insatisfatórias, devido ao posicionamento de Donald Trump, deixa um aviso:

“Vivemos momentos de incerteza global e compreendemos que temos a responsabilidade de expandir a nossa parceria em diferentes áreas com vista a trabalharmos para um mundo baseado nas Leis”, adiantou Angela Merkel

Aos jornalistas os líderes chinês e alemã falaram ainda da Coreia do Norte apelando “a todos os países implicados” que assumam “responsabilidades” e ajudem a resolver a situação.