Última hora

Em leitura:

Polícia grega desmantela rede criminosa


Grécia

Polícia grega desmantela rede criminosa

A polícia grega desmantelou uma rede de crime organizado, acusada de ajudar à entrada ilegal de estrangeiros na Europa e Canadá. Foram apreendidos, e entre outras coisas, passaportes falsos. O grupo operava há dois anos. A operação foi possível graças ao apoio da Europol e da Agência Nacional para o Crime, do Reino Unido:

“Os traficantes forneciam aos migrantes ilegais passaportes falsos, ou roubados, para facilitar a sua transferência através voos regulares nos aeroportos”, explica Ioanna Rotziokou, porta-voz da polícia grega.

A organização criminosa foi dividida em dois grupos operacionais, ambos a operar na Grécia. Estima-se que fossem pagos, entre 1000 e 16 000 euros, por cada pessoa, tendo em consideração o destino desejado.

“Mais de 60 mil migrantes e refugiados permanecem em campos na Grécia, após o encerramento das fronteiras dos Balcãs. O lento progresso do programa de deslocalização da UE, torna estas pessoas mais vulneráveis à exploração das redes de contrabando”, explica Michalis Arampatzoglou, um dos correspondentes da euronews na Grécia.

Coreia do Norte

Coreia do Norte rejeita sanções da ONU