Última hora

Síria: Começou a batalha para libertar Raqqa do controlo do EI

A batalha de Raqqa está a começar. As Forças Armadas da Síria já estão na zona oriental da cidade e estão a ser apoiadas pelos raides aéreos da coligação.

Em leitura:

Síria: Começou a batalha para libertar Raqqa do controlo do EI

Tamanho do texto Aa Aa

As Forças Democráticas da Síria, comandadas pelos combatentes curdos, chegaram aos arredores de Raqqa , o quartel-general do Estado Islâmico (EI), na Síria.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) divulgou imagens dos soldados em Mashlab, na zona oriental de Raqqa.

O comandante das Forças Democráticas Sírias, Loqman Azad, explica a situação: “Começámos uma nova fase na luta pela libertação da cidade de Raqqa. As nossas forças entraram nos arredores de Mashlab e, por enquanto, continuamos a avançar. Em geral, as nossas forças controlam a situação e estão bem preparadas”.

As forças do terreno estão a ser apoiadas pelos raides aéreos da coligação liderada pelos Estados Unidos. Um comandante americano admitiu que a batalha vai ser “longa e difícil” mas é crucial para enfraquecer o autoproclamado califado do Estado Islâmico.

Quem não está satisfeito é o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, que reagiu assim:
“Apoiar as organizações terroristas que fazem limpeza étnica e exercem pressão sobre toda a gente que tem opiniões diferentes, força-nos literalmente a viver numa tensão comparável à de uma granada cuja espoleta foi retirada”.