Última hora

Em leitura:

Filipinas: EUA na batalha de Marawi


Filipinas

Filipinas: EUA na batalha de Marawi

Os Estados Unidos confirmaram estar a dar assistência militar ao exército das Filipinas no combate contra os grupos islamitas que tomaram parte da cidade de Marawi, na ilha de Mindanao.

Três semanas após o início dos confrontos, os militares conseguiram retomar 90% da localidade, mas tardam em conseguir neutralizar três bolsas de resistência de centenas de jihadistas, entrincheirados em túneis e caves no centro da cidade.

O porta-voz do exército filipino precisou que os militares norte-americanos não participam diretamente nos combates, mas fornecem apoio técnico, “ao nível da troca de informações e treino das tropas no terreno”.

Os combates das últimas horas provocaram pelo menos 13 mortos e 40 feridos nas fileiras do exército.

Desde o início da operação, que 138 guerrilheiros terão sido abatidos, quando há relatos de mais de uma centena de civis mortos na localidade, atualmente sob lei marcial.

O exército está a tentar confirmar a morte dos líderes do grupo Maute, próximo do grupo Estado Islâmico, que tentou tomar a localidade de maioria muçulmana.

Reino Unido

Reino Unido: demissões depois das legislativas