Última hora

Em leitura:

Macedónia lança operação de charme em Bruxelas


A redação de Bruxelas

Macedónia lança operação de charme em Bruxelas

O primeiro-ministro da República da Macedónia, Zoran Zaev, reuniu-se, esta segunda-feira, em Bruxelas, com os altos representantes da União Europeia, como o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Zaev mostra-se disposto a mudar o nome do país para Antiga República Jugoslava da Macedónia para conseguir entrar na NATO e na União Europeia.

“Pretendemos fazer a República da Macedónia avançar muito depressa no caminho para a integração da União Europeia”, afirmou Zoran Zaev.

A imposição de mudança de nome tem sido feita pela vizinha Grécia, que acusa a Macedónia de se ter apropriado do nome de uma região grega, depois da desintegração da Jugoslávia.

Com a eleição de Zoran Zaev, a Macedónia saiu de um impasse político que durou dois anos e que levou mesmo a que em abril apoiantes da Direita invadissem o Parlamento.

O Comissário Europeu para o Alargamento, Johannes Hahn, saudou a saída da crise, mas com reservas: “O vosso país virou uma página após uma prolongada crise política que demorou demasiado tempo. Mas ainda não há espaço para complacência. Há muito trabalho a ser feito para voltar a pôr a vossa nação no caminho euro-atlântico”.

A União Europeia vai ajudar a República da Macedónia a implementar reformas que considera urgentes nos serviços de segurança e no sistema judicial.