Última hora

Em leitura:

Cristiano Ronaldo a braços com justiça espanhola


Desporto

Cristiano Ronaldo a braços com justiça espanhola

É talvez o segundo maior pesadelo da vida de Cristiano Ronaldo. O internacional português está a braços com a justiça espanhola. De acordo com a agência de notícias espanhola EFE o avançado do Real Madrid pode ver-se obrigado a pagar uma multa de mais de 28 milhões de euros, por alegada fraude fiscal, mas, pior do que isso, pode ser condenado a uma pena de prisão efetiva.

Cristiano Ronaldo está acusado de quatro delitos fiscais agravados, cometidos entre 2011 e 2014, que superam um valor total de 600 000 euros. Três destes delitos podem ser punidos, cada um deles, com uma pena que pode ir de um a seis anos de prisão. A acusação pode pedir mais de sete anos.

Em Madrid há quem releve e relembre outro caso:

“Eles devem investigar, fizeram o mesmo com o Messi. Tenho a certeza de que ganham tanto dinheiro que não podem controlar tudo e deixam isso para os seus agentes”, explica um argentino em Madrid.

“Se for verdade, dá muito má impressão e, seja quem for, deve pagar. Não importa quem é, mesmo que seja o Cristiano Ronaldo”, adianta uma madrilena.

O Ministério Público de Madrid acusa Ronaldo de ter, de forma “consciente”, criado uma sociedade para defraudar o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros.