Última hora

Última hora

Procurador Jeff Sessions nega reunião secreta com embaixador russo

O procurador-geral dos Estados Unidos compareceu esta terça-feira perante o Comité dos Serviços de Inteligência do Senado.

Em leitura:

Procurador Jeff Sessions nega reunião secreta com embaixador russo

Tamanho do texto Aa Aa

O procurador-geral dos Estados Unidos negou, de forma veemente, as suspeitas de ter mantido uma reunião secreta com embaixador da Rússia no país, Sergey Kislyak, à margem de um evento de campanha de Donald Trump, em abril do ano passado, num hotel em Washington.

Jeff Sessions, que se recusou responder a várias perguntas, compareceu esta terça-feira perante o Comité dos Serviços de Inteligência do Senado.

“Deixem-me ser claro: Nunca me reuni ou mantive qualquer conversa com responsáveis russos ou estrangeiros sobre qualquer tipo de interferência em campanhas ou eleições nos Estados Unidos. Tampouco tenho conhecimento de quaisquer conversas da parte de alguém relacionado com a campanha de Trump”, reforçou o procurador-geral durante um interrogatório.

Acusado, no início do ano, de mentir sob juramento em relação a alegados contactos que manteve com o embaixador russo em Washington, Jeff Sessions acabou depois por admitir um encontro, mas negando qualquer discussão de temas sobre a campanha eleitoral. Certo é que não divulgou as ditas comunicações na audição da confirmação no cargo, em janeiro, quando foi questionado nesse sentido.