Última hora

Em leitura:

Líbano: nova lei eleitoral para permitir legislativas em 2018


Líbano

Líbano: nova lei eleitoral para permitir legislativas em 2018

O Líbano poderá organizar novas eleições legislativas no próximo ano. Tudo graças à nova lei eleitoral, que substitui a lei de 1960.

Serão as primeiras legislativas no país dos cedros em oito anos. O Líbano encontrava-se mergulhado numa grave crise política, porque as diferentes comunidades religiosas não chegavam a acordo quanto à forma de representação comunitária na Assembleia Nacional e quanto ao método de voto.

O primeiro-ministro libanês, Saad al-Hariri, disse estar satisfeito com a lei e recordou que o parlamento viu o mandato extendido em mais onze meses.

Evita-se assim um vazio legislativo. Esta não é a primeira extensão dos mandatos, medida que tinha sido anteriormente criticada pela União Europeia.

Democracia confessional regida pela constituição de 1926, o Líbano conta com comunidades muçulmanas, cristãs, druzas e judias.

O Líbano passou por uma sangrenta guerra civil entre 1975.

EUA

Trump visita congressista baleado na Virgínia