Última hora

Incêndios em Portugal: Autoridades desmentem queda de avião

Notícia começou a correr pelas 19 horas, mas nenhum responsável aceitou sequer comentário-la, até chegar o desmentido.

Em leitura:

Incêndios em Portugal: Autoridades desmentem queda de avião

Tamanho do texto Aa Aa

Autoridades na coordenação dos combates aos incêndios no centro de Portugal desmentiram a queda de qualquer um dos aviões integrados na operação oficial. A notícia tinha começado a correr cerca de uma hora antes, mas sem qualquer confirmação oficial.

Siga aqui as últimas atualizações do mapa de incêndios em Portugal e do balanço de vítimas (mortos e feridos) da presente vaga de fogos no país. O caso mais grave é o de Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, mas, esta terça-feira, também Góis, em Coimbra, está a preocupar.

O que sabíamos às 15:00, hora de Lisboa:

  • Nos concelhos vizinhos de Pedrógão Grande (Leiria) e Góis (Coimbra), as chamas estavam a ser combatidas por, respetivamente, 1165 e 695 operacionais (1860 no total), apoiados por 393/ 237 (630) veículos e 09/ 06 (15) meios aéreos;

  • Situação de Góis “é grave e pode passar a gravíssima”, alertou a presidente da câmara de Góis, Lurdes Castanheira;


  • O incêndio iniciado sábado à tarde em Pedrógão Grande, e entretanto propagado para os distritos de Castelo Branco (via Sertã) e Coimbra (via Pampilhosa da Serra), já terá consumido cerca de 26.000 hectares de floresta, avança o sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais;
  • Elevadas temperaturas e vento estão a agravar incêndio de Góis, onde 56 idosos foram retirados de um lar, por precaução;
  • Pelo menos 27 aldeias foram também evacuadas na região de Góis, por precaução;

  • “85 por cento ou mais do perímetro (do incêndio de Pedrógão grande) está em rescaldo e consolidação”, afirma o comandante operacional da Proteção Civil, Vitor Vaz Pinto, confirmando, por outro lado, a situação “preocupante” que se vive em Góis, onde o fogo “está a lavrar com grande intensidade”;

  • Balanço de vítimas: 64 mortos e 157 feridos;

  • Pelo menos 32 das vítimas mortais do incêndio de Pedrógão Grande já foram identificadas.

  • Em todo o país, havia mais de 3300 operacionais a combater incêndios;