Última hora

Última hora

França: Suspeito de tentativa de atentado em Paris tinha licença de porte de arma

Em leitura:

França: Suspeito de tentativa de atentado em Paris tinha licença de porte de arma

Tamanho do texto Aa Aa

O suspeito da tentativa de atentado nos campos Elisios em Paris tinha uma licença de porte de arma de tiro desportivo apesar de encontrar-se no ficheiro de suspeitos de terrorismo.

As investigações à ação que provocou ontem apenas a morte do suspeito prosseguem esta terça-feira, com a detenção de quatro membros da família do atacante.

Ao volante de uma viatura com vários explosivos, o homem de 31 anos tinha chocado contra uma carrinha da polícia, sem provocar vítimas.

As autoridades apreenderam esta terça-feira um verdadeiro arsenal na casa do suspeito, entre barris de póvora, 9 mil munições e várias armas.

O homem teria renovado a licença de tiro desportivo em Fevereiro apesar de ter sido investigado pela polícia por viagens suspeitas à Turquia, desde 2015, e de ser alvo de um mandado de captura por terrorismo na Tunísia, o seu país natal.

A ação de ontem, que ainda não foi reivindicada, ocorre dois meses depois de um polícia ter sido morto e outros dois feridos, na mesma Avenida de Paris, num ataque armado reclamado pelo grupo Estado Islâmico.

O ataque ocorre a duas semanas de expirar a quinta extensão do estado de emergência em França, quando o parlamento deverá renovar as medidas de exceção pelo menos até ao final do ano.