Última hora

Última hora

May propõe direitos iguais para cidadãos da UE no Reino Unido

A primeira-ministra britânica propõe direitos iguais para cidadãos da UE residentes há mais de cinco anos no Reino Unido

Em leitura:

May propõe direitos iguais para cidadãos da UE no Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira-ministra britânica, Theresa May, poderá oferecer aos cerca de três milhões de cidadãos europeus residentes no Reino Unido o direito de permanecerem indefinidamente no país com o mesmo estatuto atribuído aos cidadãos britânicos.

Esta a proposta colocada pela chefe do governo britânico em cima da mesa perante os líderes europeus no decurso da cimeira europeia a decorrer em Bruxelas esta semana.

A proposta de Theresa May implica a atribuição de um estatuto idêntico aos mais de um milhão de britânicos que residem em outros estados pertencentes à União Europeia.

May explicou na cimeira do Conselho Europeu que o novo estatuto de imigração irá garantir o direito de permanecer em solo britânico e o acesso à educação, saúde e outros benefícios, após a saída do país da União Europeia.

Sanções contra a Rússia

Outra conclusão da cimeira é o prolongamento das sanções impostas à Rússia por um período de mais seis meses.

O anúncio foi feito, esta quinta-feira, pelo presidente do Conselho Europeu.

Na rede social Twitter, Donald Tusk escreveu “A UE vai prolongar as sanções económicas contra a Rússia”.

Bruxelas decidiu punir Moscovo após a intervenção russa no conflito na Ucrânia.