Última hora

Última hora

Arte africana exposta em Paris

Em leitura:

Arte africana exposta em Paris

Tamanho do texto Aa Aa

A exposição "Arte/África: o Novo Atelier" pode ser visitada até 4 de setembro, na Fundação Louis Vuitton, em Paris.

A Fundação Louis Vuitton acolhe, em Paris, uma das maiores exposições alguma vez realizadas na capital francesa sobre arte africana contemporânea.

Obras de mais de 30 artistas encontram-se espalhadas por 3800 metros quadrados em quatro pisos do espaço.

“Nos últimos cinco ou sete anos, o continente africano ganhou finalmente visibilidade, o verdadeiro reconhecimento, e alguns artistas despertaram interesse internacional”, lembra o curador da exposição, André Magnin.

As obras de mestres da fotografia como Malick Sidibé e Seydou Keita apresentam as tradições, cores e ritmos do continente africano ao lado de peças de jovens talentos emergentes.

“É através de elementos de qualidade que seremos capazes de posicionar as criações africanas contemporâneas como uma tendência de peso em vez de um efeito da moda”, sublinha o fotógrafo Omar Victor Diop.

Dois dos destaques são a exposição “Les Initiés”, uma seleção de obras emprestadas pela coleção do empresário Jean Pigozzi, e “Être là”, que traz temas económicos e sociais da África do Sul.

A exposição “Arte/África: o Novo Atelier” pode ser visitada até 4 de setembro, na Fundação Louis Vuitton, em Paris.