Última hora

Última hora

Barco de recreio mata seis pessoas na Colômbia

Em leitura:

Barco de recreio mata seis pessoas na Colômbia

Tamanho do texto Aa Aa

Sol, água e um barco com cerca de 170 pessoas a bordo.

Ingredientes para diversão que acabaram em tragédia este domingo em El Peñol- Guatapé, Antioquia, na Colômbia.

Há seis mortos confirmados em conferência de imprensa por Juan Manuel Santos, já no local, depois de ter sido anunciado pelas autoridades locais que o número de vítimas era de 9 pessoas.

O Presidente da Colômbia frisou não haver nenhuma criança incluída na lista de vítimas e acrescentou haver 31 pessoas desaparecidas, para além de 3 pessoas no hospital.

Há 122 sobreviventes, ainda segundo o chefe de Estado, que disse estar a meio o processo para definir o número real de desaparecidos.


Lorena Vaquiro conta como estava a filmar o barco e o viu a descer sob o nível da água. Depois, “todos os barcos aqui começaram a trazer as pessoas e trouxeram algumas que pareciam em mau estado. Claro que as pessoas, em desespero, começaram a trepar umas pelas outras para sair. Então havia muita gente ferida, magoada. Vimos como várias pessoas foram trazidas inconscientes.”

Há 122 sobreviventes, ainda segundo o chefe de Estado, que disse estar a meio o processo para definir o número real de desaparecidos.


As autoridades de Guatapé declararam 3 dias de luto local.

El Almirante, a maior das embarcações locais, com quatro andares, havia sofrido já dois naufrágios anteriores.

As buscas vão continuar pela noite.