Última hora

Jornada de greve de condutores de táxis em Espanha contra o número crescente de empresas privadas que oferecem alternativas mais baratas para o transporte de pessoas. O protesto visava particularmente os serviços oferecidos pela Uber e pela Cabify. Os sindicatos de taxistas afirmam que as empresas em questão não respeitam a lei que estipula que não pode haver mais de um veículo privado em serviço por cada 30 táxis “oficiais”. A greve deixou viajantes em estações de comboio e nos aeroportos de Madrid e Barcelona literalmente apeados.

Mais vídeos No Comment