Última hora

Em leitura:

China acolhe último Grande Prémio de Judo antes do Campeonato do Mundo


Desporto

China acolhe último Grande Prémio de Judo antes do Campeonato do Mundo

Arrancou, esta sexta-feira, o Grande Prémio de Hohhot, último evento antes do início do Campeonato do Mundo de Judo, que acontecerá em agosto.

O melhor judoca da primeira jornada na China foi o russo Yakub Shamilov, que arrecadou a medalha de ouro na categoria de -66kg. Para conquistar o triunfo teve de medir forças, na primeira ronda, com Lee Yuk Ting, de Hong Kong.

Na final, Shamilov teve encontro marcado com o ucraniano Georgiy Zantaraya, um judoca perigoso que foi campeão do mundo na categoria de -60kg.

O ucraniano também não intimidou o melhor judoca do dia nesta ocasião e Shamilov impôs-se sobre o rival. O russo usou uma série de táticas inteligentes para neutralizar a ameaça de Zantaraia, como explicou depois da entrega das medalhas: “Estou muito contente por vencer. Foi uma luta difícil. Tive de dar o melhor. Não é a primeira vez que encontro Zantaraia. Na final, tinha uma ideia tática e funcionou.”

A melhor judoca da primeira jornada foi a norte-coreana Rim Jong-sim, que se impôs na categoria de -52kg. Bateu a romena, nascida no Canadá, Ecaterina Guică, numa final bastante igualada.

A norte-coreana conseguiu um “ippon” depois de derrubar Guică com um “Yoko Tomoe Nage”. Desta forma, Rim conquistou a primeira medalha de ouro para a República Popular Democrática da Coreia. Rim converte-se na terceira vencedora do país num Grande Prémio depois do conseguido por Kyong Sol e Hong Kuk-hyon.

O melhor “ippon” do dia aconteceu no duelo pela medalha de bronze na categoria de -57kg entre a alemã Viola Waechter e a holandesa Margriet Bergstra.

O “Uchi-mata” foi, sem dúvida, merecedor de se converter na melhor técnica desta primeira jornada do Grande Prémio de Hohhot. “É a minha técnica favorita. Julgo que sou um pouco mais flexível do que outras pessoas. É uma boa sensação”, disse Viola Waechter.

Na categoria feminina de -57kg, a japonesa Tamaoki Momo conquistou o ouro. Mediu forças na final com a mongol Sumiya Dorjsürengiin. Um duelo tenso que terminou com a máxima cordialidade entre as duas desportistas.

Ainda na categoria feminina, outra asiática, a coreana Yu Jeong Kang, conquistou a medalha de ouro na categoria de -48kg depois de se impôr na final sobre a russa Irina Dolgova.

Na categoria masculina de -60kg, o japonês Shishime Toru ocupou o lugar cimeiro do pódio. Na final contra o mongol Amartuvshin Dashdavaa, Shishime impôs-se por “ippon.”