Última hora

Última hora

China acolhe último Grande Prémio de Judo antes do Campeonato do Mundo

Em leitura:

China acolhe último Grande Prémio de Judo antes do Campeonato do Mundo

China acolhe último Grande Prémio de Judo antes do Campeonato do Mundo
Tamanho do texto Aa Aa

Arrancou, esta sexta-feira, o Grande Prémio de Hohhot, último evento antes do início do Campeonato do Mundo de Judo, que acontecerá em agosto.

O melhor judoca da primeira jornada na China foi o russo Yakub Shamilov, que arrecadou a medalha de ouro na categoria de -66kg. Para conquistar o triunfo teve de medir forças, na primeira ronda, com Lee Yuk Ting, de Hong Kong.

Na final, Shamilov teve encontro marcado com o ucraniano Georgiy Zantaraya, um judoca perigoso que foi campeão do mundo na categoria de -60kg.

O ucraniano também não intimidou o melhor judoca do dia nesta ocasião e Shamilov impôs-se sobre o rival. O russo usou uma série de táticas inteligentes para neutralizar a ameaça de Zantaraia, como explicou depois da entrega das medalhas: “Estou muito contente por vencer. Foi uma luta difícil. Tive de dar o melhor. Não é a primeira vez que encontro Zantaraia. Na final, tinha uma ideia tática e funcionou.”

A melhor judoca da primeira jornada foi a norte-coreana Rim Jong-sim, que se impôs na categoria de -52kg. Bateu a romena, nascida no Canadá, Ecaterina Guică, numa final bastante igualada.

A norte-coreana conseguiu um “ippon” depois de derrubar Guică com um “Yoko Tomoe Nage”. Desta forma, Rim conquistou a primeira medalha de ouro para a República Popular Democrática da Coreia. Rim converte-se na terceira vencedora do país num Grande Prémio depois do conseguido por Kyong Sol e Hong Kuk-hyon.

O melhor “ippon” do dia aconteceu no duelo pela medalha de bronze na categoria de -57kg entre a alemã Viola Waechter e a holandesa Margriet Bergstra.

O “Uchi-mata” foi, sem dúvida, merecedor de se converter na melhor técnica desta primeira jornada do Grande Prémio de Hohhot. “É a minha técnica favorita. Julgo que sou um pouco mais flexível do que outras pessoas. É uma boa sensação”, disse Viola Waechter.

Na categoria feminina de -57kg, a japonesa Tamaoki Momo conquistou o ouro. Mediu forças na final com a mongol Sumiya Dorjsürengiin. Um duelo tenso que terminou com a máxima cordialidade entre as duas desportistas.

Ainda na categoria feminina, outra asiática, a coreana Yu Jeong Kang, conquistou a medalha de ouro na categoria de -48kg depois de se impôr na final sobre a russa Irina Dolgova.

Na categoria masculina de -60kg, o japonês Shishime Toru ocupou o lugar cimeiro do pódio. Na final contra o mongol Amartuvshin Dashdavaa, Shishime impôs-se por “ippon.”