Última hora

Donald Trump continua ao ataque e os alvos não variam muito. Os grandes meios de comunicação norte-americanos estão, ainda, na mira do presidente dos EUA. Acusa-os de incitarem ao “ódio” contra si e justifica a utilização, intensiva, das redes sociais, como forma de responder aos seus críticos:

“Os «média» falsos estão a tentar silenciar-nos mas não vamos deixar que isso aconteça, porque as pessoas sabem a verdade. Os «média» falsos tentaram impedir-me de chegar à Casa Branca, mas eu sou presidente e eles não”, afirmou Trump.

O chefe de Estado norte-americano diz, mais uma vez nas redes sociais, que os “«média» falsos e fraudulentos” estão a trabalhar, afincadamente, para convencer os “Republicanos e outros” de que não deve continuar a utilizar as redes sociais, mas Trump lembra que, no final das contas, foi ele que ganhou.

A verdade é que algumas das atitudes de Trump chocam até muitos Republicanos. Como a polémica com a MSNBC. As desavenças com apresentadores da cadeia norte-americana, são conhecidas e, recentemente, no Twitter Trump lançou-se, sem decoro, contra Joe Scarborough e Mika Brzezinski.