This content is not available in your region

Trump quer ajudar o pequeno Charlie

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Trump quer ajudar o pequeno Charlie

<p><strong>Charlie Gard</strong> tem <strong>10 meses</strong> e encontra-se internado no <strong>Hospital Great Ormond Street</strong>, em Londres, com uma rara doença genética terminal.</p> <p>Os pais, <strong>Chris e Connie</strong>, foram impedidos pela justiça britânica de levar o filho aos Estados Unidos para uma terapia experimental, ideia à que se opõem os médicos. </p> <p>O casal levou o caso ao <strong>Tribunal Europeu dos Direitos Humanos,</strong> que concordou com a decisão da justiça do Reino Unido.</p> <p>Esta segunda-feira, o presidente <strong>Donald Trump</strong> ofereceu ajuda ao casal. Disse, via rede social <strong><em>Twitter</em></strong>, que estaria encantado em receber Charlie, caso houvesse ajuda possível nos Estados Unidos.<br /> <br /> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">If we can help little <a href="https://twitter.com/hashtag/CharlieGard?src=hash">#CharlieGard</a>, as per our friends in the U.K. and the Pope, we would be delighted to do so.</p>— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) <a href="https://twitter.com/realDonaldTrump/status/881875263700783104">3 de julho de 2017</a></blockquote><br /> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script><br /> <br /> No domingo, o <strong>Papa Francisco</strong> apelou às autoridades a que deixassem os pais fazerem o tudo o que fosse possível pela criança. </p> <p>O casal conseguiu angriar cerca de um <strong>milhão de euros</strong> encontrar uma cura para a doença de Charlie, que provoca uma progressiva deterioração das fibras musculares e afeta o cérebro.</p>