Última hora

Em leitura:

França, Alemanha e Itália discutem migração


Itália

França, Alemanha e Itália discutem migração

Os ministros francês e alemão do Interior encontraram-se, no domingo, com o seu homólogo italiano, em Paris, para discutir uma “resposta coordenada e concertada” à crise migratória em Itália. Um jantar de trabalho, no qual esteve também presente o comissário europeu para os Refugiados, para procurar a melhor forma de responder ao fluxo migratório e encontrar formas de ajudar os italianos.

A iniciativa surgiu horas depois de Marco Minniti ter pedido a abertura de portos, de outros países europeus, aos barcos de socorro. O ministro italiano afirmava, a um meio de comunicação local, que o país está sob uma enorme pressão.

Terá ficado acordado o apoio ao país e, nesse sentido, todos os ministérios trabalharão juntos para avançar com uma série de propostas concretas para a próxima cimeira em Tallinn. À agência France Press um membro da delegação de Itália afirmou que as propostas do seu país foram discutidas e que “as conversações correram muito bem”.

O número de pessoas que chega à costa italiana continua a aumentar. Roma ameaçou fechar os portos aos barcos não-governamentais de ajuda e insiste que os fundos europeus aos países da UE que não ajudem, têm de ser cortados.