Última hora

Em leitura:

Tour2017: Marcel Kittel repete triunfo mas por "um cabelo" e faz história


França

Tour2017: Marcel Kittel repete triunfo mas por "um cabelo" e faz história

Foi por um “cabelo” que Marcel Kittel repetiu esta sexta-feira o triunfo da véspera na Volta a França em bicicleta. O alemão, de 29 anos, chegou aliás às três vitórias nesta edição da prova e igualou o melhor resultado de um ciclista alemão na história do “Tour”, tendo agora ainda muito tempo para o reclamar em nome próprio.

Numa etapa sem grandes desníveis, o triunfo foi decidido ao “sprint”, mas não foi nada fácil confirma-lo. O norueguês Edvald Boasson Hagen lutou pela vitória, mas o derradeiro esforço de Kittel, a impulsionar a bicicleta para meta, foi decisivo.



O alemão foi declarado vencedor por três décimas de milésimos de segundo, confirmaram os juízes após análise do “photo finish”, a imagem que tirou todas as dúvidas.


A etapa desta sexta-feira, a sétima da 104.a edição do “Tour”, ligou Troyes a Nuit-Saint-George, numa extensão de quase 213,5 quilómetros. Sob um forte calor, houve quatro ciclistas a tentar uma fuga, mas rapidamente voltaram a ser absorvidos pelo pelotão.



O único português em prova teve uma prestação aparentemente modesta, embora positiva. Tiago Machado foi o 99.° a cortar a meta, mas com o mesmo tempo do vencedor: 05:03,18 horas.

Em vésperas da entrada no maciço de Jura, Chris Froome controlou o andamento da prova, foi o 48.° a cortar a meta e segurou a camisola amarela. O britânico, de 32 anos, vencedor das duas últimas edições do “Tour”, mantém 12 segundos de avanço sobre o compatriota Thomas Geraint.


O português Tiago Machado é o 53.°, a 07,56 minutos do líder.

Este sábado, realiza-se a oitava etapa da Volta a França. O pelotão tem pela frente 187,5 quilómetros, incluindo um pico a 1202 metros de altitude do Monte de la Combe, com a meta na estação des Rousses, a 1178 metros.