Última hora

Em leitura:

Líder da oposição foi libertado mas fica em prisão domiciliária

Última hora

Venezuela

Líder da oposição foi libertado mas fica em prisão domiciliária

O líder da oposição da Venezuela, Leopoldo López, foi libertado, na manhã de sábado, da prisão militar Ramo Verde. López encontra-se, agora, sob prisão domiciliar, disse à Agência Efe o advogado espanhol Javier Cremades, parte de sua defesa.

López, de 46 anos, um dos mais conhecidos rostos da oposiçao venezuelana, foi libertado por motivos de saúde.

Leopoldo López estava preso em Ramo Verde desde 18 de fevereiro de 2014, quando se entregou voluntariamente à polícia depois de ser emitido um mandado de prisão contra ele.

O coordenador nacional do partido “Vontade Popular” tinha sido condenado a 14 anos de prisão sob a acusação de incitamento à desordem pública, conspiração, danos à propriedade e fogo posto durante manifestações anti-governamentais contra o presidente Nicolas Maduro.