Última hora

Última hora

Loeb na dianteira do Rali Rota da Seda

Rumo ao Cazaquistão, à terceira jornada do Rali Rota da Seda o francês Sébastien Loeb voltou a tomar a dianteira na especial de 329 quilómetros que ligou as localidades russa de Ufa e cazaque de…

Em leitura:

Loeb na dianteira do Rali Rota da Seda

Tamanho do texto Aa Aa

Rumo ao Cazaquistão, à terceira jornada do Rali Rota da Seda o francês Sébastien Loeb voltou a tomar a dianteira na especial de 329 quilómetros que ligou as localidades russa de Ufa e cazaque de Kostanay. O piloto francês da Peugeot levou a melhor sobre o companheiro de equipa Stéphane Peterhansel, vencedor da etapa anterior.

“Foi uma ótima etapa. Diverti-me imenso, o que é bom. Comecei muito rápido. A navegação não foi fácil mas o Daniel também fez um excelente trabalho. Tivemos um bom desempenho e acabamos na liderança. Na terça-feira abriremos a estrada. Talvez as coisas possam complicar-se”, sublinhou Loeb.

Loeb lidera na classificação geral com mais de 3 minutos de vantagem sobre Stéphane Peterhansel.

Na terceira etapa, Yong Zhou, em Toyota, conseguiu ser o terceiro mais rápido, impondo-se sobre o também francês Cyril Despres e impedindo desta forma mais uma tripla para os pilotos da Peugeot.

Na geral, é o piloto norte-americano Bryce Menzies, da Mini, quem está mais próximo do coletivo da Peugeot. No entanto dista a mais de 20 minutos do terceiro lugar de Despres.

E se a jornada proporcionou aos adeptos dos carros emoções fortes, nos camiões não foi para menos. Os holandeses Martin van den Brink e Gerard de Rooy foram os grandes castigados e acabaram por ceder cerca de 29 e 17 minutos respetivamente. O checo Martin Kolomý, aos comandos de um Tatra, aproveitou a oportunidade e ficou a 55 segundos de distância do bielorrusso Siarhei Viazovich, em Maz, que venceu a etapa.