Última hora

Última hora

Marcha dos imãs passou pelo Bataclan

Em leitura:

Marcha dos imãs passou pelo Bataclan

Tamanho do texto Aa Aa

De viagem pela Europa, dezenas de imãs de vários países voltaram esta terça-feira a Paris, após a passagem por Berlim e Bruxelas.

Na capital francesa, a paragem obrigatória foi no Bataclan, para a homenagem às vítimas de 13 de novembro de 2015.

Mais uma ocasião para apelar à separação entre Islão e terrorismo.

O imã de Drancy, Hassen Chalghoumi, um dos organizadores desta marcha, afirmou: “Estamos todos aqui para mostrar que a união, a fraternidade, o amor, a paz é mais importante e mais forte que ódio deles e a barbárie”.

Antes a paragem foi em Saint-Étienne-du-Rouvray , onde foi assassinado por jihadistas, a 26 de julho do ano passado, o padre Jacques Hamel.

Os imãs deverão ainda passar por Nice e Toulouse, antes de regressarem a Paris no dia 14 de julho, o dia em que se assinala o primeiro aniversário do massacre no Passeio dos Ingleses, em Nice.