Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": défice da Grécia e novo plano da Frontex

A Comissão Europeia anunciou, quarta-feira, que a Grécia deve ser retirada do procedimento por défice excessivo, isto é, da lista de monitorização do orçamento.

Em leitura:

"Breves de Bruxelas": défice da Grécia e novo plano da Frontex

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia anunciou, quarta-feira, que a Grécia deve ser retirada do procedimento por défice excessivo, isto é, da lista de monitorização do orçamento.

A decisão final será tomada pelo Conselho Europeu, mas o comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, não tem dúvidas de que chegou a hora de aliviar a pressão sobre a Grécia.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, também, o anúncio da Frontex de que vai desenvolver um novo plano para patrulhar o mar Mediterrâneo.

Mas a agência europeia de vigilância das fronteiras adverte que cabe aos políticos decidirem se abrem outros portos aos barcos que resgatam os requerentes de asilo.

O pedido foi feito pela Itália, que recebeu, este ano, 85 mil pessoas que procuram refúgio na União Europeia.

Um Conselho NATO-Rússia será realizado, quinta-feira, na sede da Aliança, em Bruxelas.

O secretário-geral, Jens Stoltenberg, pediu à Rússia para dar explicações sobre o exercício militar de grande escala na parte ocidental do país, planeado para setembro.