Última hora

Em leitura:

Brexit: Rei de Espanha quer que direitos dos cidadãos sejam defendidos


Reino Unido

Brexit: Rei de Espanha quer que direitos dos cidadãos sejam defendidos

Felipe VI espera que os Governos de Madrid e de Londres defendam, em conjunto, os direitos dos cidadãos dos dois países, nas negociações que vão reger a saída do Reino Unido da União Europeia.

Em visita oficial, a primeira nas últimas três décadas, o rei de Espanha lamentou o resultado do referendo que deu origem ao Brexit.


No Parlamento, o monarca sublinhou que os mais de 110 mil espanhóis que vivem no Reino Unido e os cerca de 300 mil britânicos que vivem em Espanha têm de ser defendidos.

“Dadas as circunstâncias, devemos ter em mente, em particular, os milhares de britânicos e de espanhóis que vivem em cada uma das nossas nações, que formam uma base sólida para as nossas relações. Estes cidadãos têm uma expectativa legítima de condições de vida dignas e estáveis para si e para suas famílias. Exorto, portanto, os dois governos a continuarem o trabalho para garantir que o acordo sobre a retirada do Reino Unido da União Europeia ofereça a segurança e as certezas suficientes”, afirmou o monarca espanhol.


A questão de Gibraltar não ficou esquecida.

Felipe VI disse estar confiante de que será possível chegar a um acordo aceitável que ponha fim às tensões no enclave britânico no sul de Espanha.